DICAS DE SAÚDE FRUTAS RECEITAS SAÚDAVEIS REMÉDIOS NATURAIS Uncategorized

Graviola→Para Que Serve, Propriedades e Como Consumir

5 (100%) 2 votes

Graviola→Para que serve, propriedades e como consumir. Além disso, A graviola é uma fruta, também conhecida como Fruta-do-Conde, Sap-Sap, Jaca do Pará ou Jaca de pobre, utilizada como fonte de fibras e vitaminas, sendo o seu consumo recomendado em casos de prisão de ventre, diabetes e obesidade.

A fruta possui um formato oval, com a casca na cor verde-escuro e coberta de “espinhos”. A parte interna é formada por uma polpa branca com o sabor levemente adocicado e um pouco ácido, sendo utilizada na preparação de vitaminas e sobremesas. A Graviola é uma árvore frutífera muito apreciada por seu sabor marcante.

É utilizada ancestralmente pelos povos das Américas. Hoje é cultivada na África e na Ásia e tem sido muito procurada por pesquisadores de todo o mundo para avaliação de sua atividade anticancerígena.

Em ensaios de laboratório, seus princípios ativos foram muito eficientes em combater diversos tipos de câncer, o que demonstra que a Graviola poderá ser o grande medicamento para o câncer em substituição dos quimioterápicos atuais.

Ainda, a Graviola apresenta excelente atividade no controle da hipertensão arterial e da s taxas de açúcar no sangue, além de ter ótima atividade antidiarreica, vermífuga e inseticida.
É necessário certo cuidado no uso da Graviola por conter princípios tóxicos.

Para que serve a Graviola?

Devido à sua cremosidade, a graviola apresenta várias formas de consumo e aplicações culinárias, como in natura, sucos, sorvetes, geleias, mousses, outros doces e bebidas.

A graviola é extremamente nutritiva, porém além da fruta em si, as folhas, raízes, casca e sementes têm grande tradição de uso em compostos medicinais, sendo utilizados como remédio natural para doenças como
infecções, febre, problemas digestivos, diarreia, pressão alta, parasitas externos e internos, diabetes, entre outras. Existem, inclusive, registros de seu uso como planta medicinal no tratamento de diversas enfermidades por populações indígenas da América e tribos africanas.

Como consumir:

  • A graviola pode ser usada na forma natural, sob forma de chá, sucos e também em cápsulas.

Chá de graviola:

  • Adicionar 10 g de folhas de graviola secas em 1 xícara de água fervente.
  • Tomar 2 a 3 xícaras diariamente após as refeições.

Para o suco:

  • Bater no liquidificador 1 graviola, 3 peras, 1 laranja e 1 mamão.
  • Adicionar água e açúcar à gosto.
  • Possíveis efeitos colaterais
  • O efeito colateral da graviola é o fato de baixar a pressão arterial.

Quando não consumir:

  • A graviola está contraindicada para indivíduos com caxumba, aftas ou ferimentos na boca, pois sua acidez pode provocar dor.
  • Grávidas e indivíduos com hipotensão também devem evitar o consumo da graviola.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.