ALIMENTOS DIETA E NUTRIÇÃO EMAGRECER RECEITAS REMÉDIOS NATURAIS

13 Dicas do Abacate Para Emagrecer

13 Dicas do Abacate Para Emagrecer
Gostou do post? Avalie!

O Abacate é uma fruta de cor verde ou roxa. Ele fornece cerca de 175 calorias por 100 gramas do seu consumo. Carboidratos e fibra alimentar são encontrados na maioria no abacate. O Abacate são uma fonte rica em gorduras. Monoinsaturados, poliin saturados e gorduras saturadas são encontradas nele. As vitaminas são encontrados em abundância tais como, Vitamina A, vitamina B, Vitamina C, Vitamina K, e Vitamina E. Além disso, os minerais, como o Cálcio, Ferro, manganês, potássio, sódio, fósforo e zinco. Leia mais sobre os 10 benefícios do Abacate para saúde!

abacate 2O que é o abacate: O abacate é uma fruta originária do México e América Central, pertencente à espécie Persea americana. Hoje, graças às hibridizações, e milhares de anos de cultivo, existem inúmeras variedades da fruta, cujos principais produtores na atualidade são

México, Chile, Estados Unidos, Indonésia, República Dominicana, Colômbia, Peru, Brasil, China e Guatemala.
Externamente, o abacate é verde vivo e conforme amadurece se torna mais escuro, quase preto. A polpa é verde-clara ou amarelada e tem textura cremosa. No interior encontramos um grande caroço, que é a semente do abacate.

Propriedades do Abacate: Um abacate pequeno, com 150g de polpa (1 xícara aproximadamente), fornece 240 calorias, 22g de gorduras, 13g de carboidratos, 3g de proteinas e 10g de fibras. Conseguimos perceber, portanto, que o abacate não é uma fruta de baixa carga calórica, mas o seu diferencial está na composição de suas gorduras. Quase 70% das gorduras encontradas no abacate são monoinsaturadas, a maioria de ácido oleico, e o restante é composto por gorduras poli-insaturadas (ômega-6 e ômega-3) e saturadas (ácido palmítico).

A sua proporção entre ômega-6 e ômega-6 é de mais de 10:1. Acredita-se que um desbalanceamento nessas proporções seja responsável por causar inflamação e algumas doenças. Autoridades em saúde de diversos países recomendam uma razão de 5:1, até 2:1 pode ser encontrado. Assim, apesar dos benefícios do abacate e das gorduras monoinsaturadas, para compensar a ingestão de ômega-6 presentes no abacate é importante buscar fontes ricas em ômega-3.

A quantidade de fibras presente no abacate também impressiona. 10g correspondem a 40% de toda a quantidade de fibra recomendada diariamente.

Além dos macronutrientes, o abacate contém uma variedade muito grande de vitaminas e minerais. Destacam-se as vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina A, vitamina E, vitamina A, cobre, manganês, magnésio, fósforo, potássio e zinco.

Valores calóricos: O valor calórico do abacate é alto? Sim, mas é importante refletir sobre as escolhas feitas para suas refeições; analise os alimentos selecionados para sua alimentação e busque substituições funcionais a seu organismo.

O abacate contém em média 180 calorias em 100 gramas. Ele possui gorduras? Sim, mas são gorduras boas. São as gorduras monoinsaturadas, fundamentais para controlar o colesterol e reduzir as triglicérides. Ele ainda é indicado para o tratamento de doenças cardiovasculares e prevenção das mesmas.

Inibe o apetite e emagrece: Os benefícios do abacate se estendem à perda de peso. Ele é extremamente rico em fibras, uma porção de 150g contém 10g desse nutriente que é essencial em dietas para emagrecimento, pois ajuda no funcionamento intestinal, confere saciedade por um tempo prolongado e ainda ajuda a reduzir picos de glicose e os níveis de colesterol sanguíneo.

Uma pesquisa publicada no Nutrition Journal mostrou que pessoas que comeram metade de um abacate junto com a refeição do almoço tiveram 40% menos vontade de comer algumas horas depois. A inclusão de guacamole aos pratos das principais refeições também

Parece ter esse efeito: As gorduras monoinsaturadas, que são abundantes no abacate, são associadas à redução da gordura abdominal, que é a mais perigosa em termos de fator de risco para o desenvolvimento de doenças relacionadas ao sobrepeso.

O abacate ainda contém baixa quantidade de carboidratos, além de ter um índice glicêmico bastante baixo. Isso evita picos de glicemia e insulina, cujo resultado rebote, após o armazenamento da glicose como glicogênio ou gordura, é o desencadeamento de mais fome.

Assim, apesar da alta concentração de gorduras e calorias, ao adicionar o abacate a uma dieta adequada, ele irá te ajudar na perda de peso. Mas exige-se prudência em sua ingestão. Indica-se o consumo máximo de meio abacate por dia.

Regula a menstruação: Você pode utilizar o abacate para regular seu ciclo menstrual. Indica-se a ingestão de chás feitos com as flores por exemplo; você pode consumir em torno de 2 a 4 vezes durante o dia. Um ciclo menstrual sob controle proporcionará também a redução dos efeitos da TPM (tensão pré-menstrual).

Melhora a visão: Existem benefícios do abacate para a saúde de sua visão proporcionados pela vitamina A contida no fruto.

Proporciona melhor saúde a seus cabelos: Há benefícios do abacate também aos seus cabelos, você poderá livrar-se dos incômodos de caspas, proporcionar força a eles e ainda auxiliar na prevenção de calvice.

Sono garantido: O abacate pode ser o aliado que você buscava para conquistar as noites perfeitas de sono que precisava. As vitaminas de complexo B como a B3 são capazes de equilibrar os hormônios responsáveis pelo equilíbrio de substâncias responsáveis pelas atividades cerebrais do sono. O ácido fólico também alimenta neurotransmissores responsáveis pela saúde do sono.

Evita o envelhecimento precoce e trata a pele: O poder dos antioxidantes pode reduzir os efeitos maléficos causados pelos radicais livres à pele. A renovação constante das células oferece mais vitalidade e saúde aos seus tecidos. Sua pele poderá permanecer mais tempo hidratada e cheia de nutrientes. O óleo de abacate é muito procurado por esses benefícios do abacate.

Você com certeza já viu inclusive receitas de máscaras caseiras de abacate para uma pele mais bonita. Isso se deve ao fato de que os nutrientes presentes na fruta, como as gorduras boas e as vitaminas ajudam a manter a hidratação da pele, a vitalidade e elasticidade. O ácido oleico ajuda a reduzir a irritação e vermelhidão da pele e melhorar a sua capacidade de reparação.

A ingestão adequada desse ácido graxo ajuda a regular a produção de sebo pela pele, melhorando quadros de acne e pele oleosa.

Vitamina E e carotenoides ajudam a evitar os danos oxidativos que levam à formação de rugas e linhas de expressão, e a vitamina C participa na produção de colágeno e elastina, os principais componentes estruturais da pele.

abacateAjuda na construção de massa muscular: Quando comparado às outras frutas, o abacate se destaca por oferecer 2 gramas de proteínas em 100 gramas da fruta. Como sabemos, as proteínas são fundamentais para o ganho de massa magra e hipertrofia.

Um estudo submeteu por 3 semanas dois grupos a dois tipos de dieta, uma rica em gorduras saturadas (ácido palmítico) e a outra rica em gorduras monoinsaturadas (ácido oleico) que continham as mesmas quantidades de calorias. O resultado demonstrou que a disposição para atividade física foi quase 14% maior no grupo que seguiu a dieta rica em ácido oleico.

Eles mantiveram um metabolismo mais acelerado após as refeições. Assim, o abacate ainda pode fornecer uma energia extra, a partir de fontes lipídicas muito saudáveis, para os treinos intensos requeridos para a construção de músculos.

O consumo regular desse tipo de gordura também está associado a uma melhora na síntese de testosterona e hormônio do crescimento, dois fatores importantes para a síntese proteica na musculatura, inclusive para mulheres.
Se você buscar o ganho de massa magra, pode então adicionar o abacate ao seu plano alimentar, mas lembre-se de controlar o consumo.

O abacate ajuda a regular o metabolismo da glicose: Como já citamos, o abacate contém uma baixa carga de carboidratos e um baixo índice glicêmico, o que minimiza a geração de picos de glicemia e insulina e por si só já são fatores que fazem com que ele seja um ótimo alimento para portadores de diabetes ou mesmo para não diabéticos que querem se beneficiar da manutenção de baixos níveis de açúcar no sangue. A presença de altas quantidades de fibras também é um fator que ajuda nesse controle.

Estudos mais profundos ainda são necessários, mas algumas pesquisas apontam uma redução nos níveis de insulina e melhor regulação da glicemia depois de uma refeição com o consumo de abacate.

Também está sob investigação a ação de um poliol presente no abacate chamado perseitol, que, ao contrário dos açúcares comuns, leva a uma supressão da liberação de insulina na corrente sanguínea.

Além disso, o abacate é rico em vitamina K, que tem papel fundamental na coagulação sanguínea. Estudos indicam que pessoas que ingerem mais dessa vitamina têm chances 19% menores de desenvolver diabetes. Os voluntários foram acompanhados por 10 anos.

DIETA DO ABACATE

CAFÉ DA MANHÃ

Dia 1 2 col. (sopa) de abacate batido com 1 col. (sopa) de aveia, 1 col. (sopa) de proteína em pó (whey protein) e 1 copo (150 ml) de leite desnatado
Dia 2 2 fatias de pão de fôrma light com 2 fatias de peito de peru e 2 col. (sopa) de abacate amassado com 1 col. (sopa) de queijo cottage
Dia 3 1/4 de papaia com 2 col. (sopa) de abacate + 2 torradas light com 1 ovo mexido e 2 fatias de peito de peru

LANCHE DA MANHÃ

Dia 1 1 fatia de melão + 2 fatias de presunto magro + 3 amêndoas
Dia 2 1 pão sírio pequeno com 1 col. (chá) de cream cheese light e 3 fatias de peito de peru light
Dia 3 1/4 de papaia batido com 1 copo (200 ml) de água e 1 col. (sopa) de proteína em pó (whey protein) + 3 amêndoas

ALMOÇO

Dia 1 3 col. (sopa) de arroz integral com 1 concha pequena de feijão + 1 filé médio (90 g) de alcatra grelhado + 1 prato (sobremesa) de alface e agrião com 2 col. (sopa) de abacate em cubos, 1 col. (chá) de azeite, vinagre e sal
Dia 2 1 filé grande (150 g) de salmão grelhado + 1 pão sírio médio torrado + ½ xíc. (chá) de guacamole (2 col./sopa de abacate amassado e misturado com cubos de tomate, cebola picada, sal e 1 col./sopa de azeite) + 1 gelatina diet
Dia 3 1/4 de papaia batido com 1 copo (200 ml) de água e 1 col. (sopa) de proteína em pó (whey protein) + 3 amêndoas

LANCHE DA TARDE

Dia 1 1 iogurte light + 3 amêndoas Dia 5 1 iogurte light + 3 amêndoas
Dia 2 1 barra de proteína pequena ou ½ barra grande Dia 7 1 fatia de abacaxi + 2 fatias de presunto magron + 1 castanha-do-pará

JANTAR

Dia 1 1 pão francês sem miolo com 3 fatias de rosbife + 1 prato (sobremesa) de rúcula com 2 col. (chá) de azeite e sal Dia 2 1 prato (fundo) de sopa feita com 1 cenoura, 1 mandioquinha, ½ batata, cebola, sal e 60 g de carne magra em cubos. Acrescente 2 col. (chá) de azeite no final do preparo Dia 3 Canelone especial (4 fatias de peito de peru recheadas com ricota amassada e 2 col./chá de azeite) coberta com 1 col. (sopa) de molho de tomate

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.