DIETA E NUTRIÇÃO REMÉDIOS NATURAIS

6 Dicas Para Acabar Com Corrimento Vaginal

6 Dicas Para Acabar Com Corrimento Vaginal
Gostou do post? Avalie!

Para cada tipo de corrimento existe um remédio específico. Caso a mulher note que existe um corrimento vaginal, com cor e odor desagradável acompanhado de coceira, ela deve marcar uma consulta com um ginecologista para identificar qual é o microorganismo que está causando o corrimento. Dessa forma, ele poderá indicar o remédio mais apropriado.

vaginalA infecção vaginal ou STD, também pode causar leucorréia, especialmente se o corrimento é amarelo ou verde e acompanhada de odor fétido. Outros fatores que contribuem para a descarga anormal são condições anti-higiênicas como uma tampão por muito tempo na vagina e doenças como anemia e diabetes.

Às vezes, lesão ou trauma da vagina também pode desencadear leucorréia. Como já mencionado, leucorréia, na maioria dos casos não é motivo de preocupação. No entanto, se você tem um monte de desconforto, consulte um médico.

Existem muitos medicamentos sem receita, bem como prescritos para tratar a leucorréia.Você também pode lidar com esse problema com a ajuda de alguns remédios caseiros simples.

Se estiver grávida, consulte seu médico antes de tentar qualquer remédio caseiro para leucorréia

Doenças sexualmente transmissíveis:

Além deles, há os corrimentos causados pelas DST. “A tricomoníase, por exemplo, é causada pelo tricomona, e provoca um corrimento de odor fétido, amarelo esverdeado. É preciso usar preservativo sempre para prevenção”, explica a ginecologista do Hospital 9 de Julho.

Milca explica que os corrimentos com odor e coloração amarelada ou esverdeada são mais comumente relacionados à bactérias. “Os esbranquiçados e com coceira são mais relacionados a fungos”, diz.

Mas o que causa os corrimentos não considerados DST? Segundo Bárbara, o excesso de higiene. “Tem que fazer a higiene correta, mas o excesso pode ser prejudicial. Tanto a produção das glândulas sebáceas, aquela gordurinha que recobre a mucosa, e o suor, fazem parte da proteção da vagina”, alerta a médica. “Quando se faz muita higiene ou depilação em excesso, tira-se essa proteção, favorecendo as infecções”, diz.

Para isso, um a dois banhos por dia é mais do que suficiente. “Mas tem que usar sabonetes próximos do ideal para a vagina, que são com pouca cor, pouco perfume, pH ligeiramente ácido. O próprio para a região íntima procura ter essas características, mas não é obrigatório. Basta usar qualquer outro que tenha características semelhantes”, explica Barbara.

Em geral o corrimento vaginal pode ser tratado da seguinte forma: Corrimento amarelo com mau cheiro, coceira e ardor ao urinar e no contato íntimo: 1 comprimido de Metronidazol 500 mg de 12/12h durante 7 dias consecutivos;

  • Corrimento branco com ou sem cheiro: intensa coceira e ardor ao urinar: 150g de Fluconazol de 12/12h dose única;
  • Corrimento leitoso com mau cheiro e ardência ao urinar: 2 comprimidos de secnidazol 1g dose única;
  • Corrimento forte amarelado: com mau cheiro, ardor ao urinar e intensificação do cheiro após o contato íntimo: 1g Ciprofloxacina em dose única.

Essas medicações só podem ser prescritas pelo médico assistente e só serão vendidas na farmácia com a respectiva receita.

Vinagre de maçã para acabar com corrimento vaginal: Vinagre de maçã é considerado benéfico no tratamento de leucorréia. Ajuda a restabelecer o equilíbrio do ph natural do seu corpo. Também, suas propriedades ácidas e anti-séptica ajudam a restaurar a qualidade ácida da flora vaginal e reduzir seu odor.

Misture quantidades iguais de água destilada e vinagre de maçã crua, não filtrado. Use como uma lavagem vaginal uma vez ou duas vezes por dia por alguns dias.

Você também pode beber um copo de água misturado com uma ou duas colheres de sopa de vinagre de cidra de maçã crua, não filtrada uma vez por dia.

Nota: Embora considerado eficaz por muitos ainda, uma ducha é usado por pouca ou nenhuma evidência científica e nem é aconselhado, pois isso pode perturbar o equilíbrio natural de bactérias na vagina.

Sementes de Feno-Grego para acabar com corrimento vaginal: Sementes de feno-grego, ajudam a melhorar o nível de ph na vagina e também acredita-se que afetam os níveis de estrogênio.

Além disso, as sementes funcionam como um reforço imunológico natural. Mergulhe uma colher de chá de sementes de feno-grego na água durante a noite. Na manhã seguinte, Coe a água e adicione meia colher de chá de mel. Beba de estômago vazio.

Alternativamente, ferva duas colheres de chá de sementes de feno-grego em quatro copos de água por 30 minutos.Coe e deixe-a esfriar. Use a água como enxaguante vaginal para lavar três ou quatro vezes diariamente até que os sintomas diminuem.

Groselha Indiana para acabar com corrimento vaginal : Groselha indiana, também conhecida como amla, tem propriedades anti-infecção que a tornam extremamente benéfico para a saúde vaginal.

Além disso, o seu conteúdo elevado de vitamina C reforça seu sistema imunitário para ajudar seu corpo a combater o problema. Misture uma ou duas colheres de chá de groselha indiana com bastante mel para fazer uma pasta grossa.

Use esta mistura duas vezes ao dia por cerca de uma semana. Outra opção é ferver uma colher de chá de pó de raiz de groselha indiana secas em um copo de água até que a quantidade é reduzida para metade.

Adicione um pouco de açúcar ou mel e beba em jejum todas as manhãs. Tente seguir um desses remédios durante um mês para resultados positivos.

Banana para acabar com corrimento vaginal: As bananas são outro bom remédio caseiro para leucorréia. A fruta também é útil para alivio das queixas como distúrbios digestivos e letargia que poderia acompanhar o problema.

Coma uma ou duas bananas maduras diariamente para ajudar a controlar leucorréia. Você também pode misturar duas colheres de sopa de suco de flor de banana com duas colheres de chá de chocolate em pó e use uma vez por dia. Use estes remédios diariamente até obter o resultado desejado.

Figos para acabar com corrimento vaginal: De acordo com a medicina Ayurveda, figos são considerados um bom remédio para leucorréia. Eles têm um poderoso efeito laxante que ajuda a remover as toxinas nocivas e resíduos do corpo, que por sua vez ajuda a reduzir leucorréia.

Mergulhe dois ou três figos secos em um copo de água durante a noite. Na manhã seguinte, misture os figos embebidos em água e beba de estômago vazio.

Você também pode moer quantidades iguais da casca da árvore de figo e figueira em pó fino. Misture uma colher de sopa desse pó em duas xícaras de água. Use esta solução como uma lavagem vaginal.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.