DIETA E NUTRIÇÃO

Dieta vegetariana → O que e, Benefícios e Cardápio

Dieta vegetariana → O que e, Benefícios e Cardápio
Gostou do post? Avalie!

Dieta vegetariana → O que e, Benefícios e Cardápio. Além disso, A dieta vegetariana para perda de peso tem a enorme vantagem de que não só consegue uma perda de peso muito importante, mas sendo uma dieta muito completa, pode ser feita por várias semanas sem nenhum problema. Um esclarecimento prévio muito importante: inclui ovos e laticínios, por isso é uma dieta ovo-lacto-vegetariana, para ser mais exata.

Se fizermos apenas a dieta vegetariana e nada mais, certamente para mantê-lo por um mês, vamos conseguir uma perda de peso entre 6 e 7 quilos (claro que isso depende de cada pessoa, por isso estamos falando de uma média). Claro, se adicionarmos exercícios, por menores que sejam, a perda de peso será muito mais significativa.

De fato, o ideal é sempre complementar a dieta com exercícios, uma vez que o problema do excesso de peso não costuma ser apenas em uma dieta inadequada, mas a falta de exercícios é uma boa maneira de ganhar peso.

Antes de iniciar esta dieta vegetariana ou qualquer outra, mesmo que neste caso o equilíbrio seja muito bom, deve consultar o médico para se certificar de que não há problema. Pode ser necessário, em casos individuais, fazer algum ajuste, mas essa dieta é adequada para a grande maioria das pessoas, além de ser muito eficaz.
Vamos ver a dieta de segunda a sexta-feira, que podemos repetir por várias semanas sem nenhum problema.

O que e dieta vegetariana:

O vegetarianismo é um tipo de dieta que exclui alimentos de origem animal e seus derivados, baseando-se na ingestão de alimentos de origem vegetal. Existem 4 classificações, dependendo do que se adere na alimentação:

  • Ovo lacto vegetariano: consome ovos, leite e laticínios;
  • Lacto vegetarianismo: consome apenas leite e laticínios, restringindo ovos;
  • Ovo vegetarianismo: consome apenas os ovos, restringindo leite e derivados;
  • Vegetarianismo estrito ou vegano: não utiliza nenhum produto de origem animal na sua alimentação, excluindo mel, corantes derivados de animais, ovos, leite e derivados.

São inúmeros motivos que levam os indivíduos a se tornarem vegetarianos:

  • Ética: a ideia de que os animais são seres sencientes, ou seja, capazes de sofrer, sentir prazer e felicidade leva-os a não querer ser co-responsáveis pelo abate ou qualquer forma de utilização e exploração animal para os fins alimentícios, cosméticos e vestuários;
  • Saúde: diversos estudos demonstram os efeitos positivos para saúde com maior utilização dos alimentos vegetais.
  • Meio ambiente: o setor pecuário é o maior responsável pela erosão de solos e contaminação de mananciais aquíferos, além da emissão de gases responsáveis pelo feito estufa e do desmatamento para a criação dos gados.
  • Sociedade: a produção dos alimentos de origem animal não é apenas ambientalmente degradante, mas também contribui para o desperdício de alimentos.
  • Religião: O adventismo, hinduísmo, budismo e outras religiões adotam uma dieta isenta de carne.

Beneficio da dieta vegetariana:

Além de ajudar o meio ambiente, um dos outros benefícios de ser vegetariano incluí melhorias na saúde e bem-estar. Ter uma dieta vegetariana pode resultar numa vida mais longa, de acordo com um estudo publicado no periódico  Internal Medicine. Segundo a pesquisa, realizada por profissionais da Universidade Adventista do Sétimo Dia de Loma Linda, nos Estados Unidos, os vegetarianos têm um risco 15% menor de morte, enquanto os ovo-lacto-vegetarianos (que têm uma dieta baseada em ovos,

Leite e produtos derivados destes) têm um risco de morte 9% menor que pessoas que possuem uma dieta com carnes. Já os pesco-vegetarianos (que também comem peixe) têm um risco 19% menor de morte. Por fim, os semivegetarianos (consomem menos carne que uma pessoa em dieta padrão e não ingerem carne bovina e suína, embora comam carne de frango e peixe) têm um risco 8% menor de morte em comparação com os que se alimentam de carne com mais frequência.

O estudo abarcou 73.308 homens e mulheres (todos adventistas do sétimo dia, assim como a instituição), que foram recrutados entre os anos de 2002 e 2007, e foram acompanhados por um período médio de 5,79 anos. Durante esse período, 2.570 pessoas morreram.

Dieta vegetariana para perder peso, dia a dia

Segunda-feira:

Cafe da manhã:

Um ovo escalfado, uma fatia de pão integral torrado, que vamos espalhar com um pouco de azeite, e nele algumas fatias de tomate grelhado. É um café da manhã com uma boa quantidade de fibras, que dão saciedade e proteínas.

Almoço:

Um sanduíche que vamos preparar com duas fatias de pão de centeio e 6 colheres de sopa de queijo cottage e metade de um abacate pequeno (você pode sair do sanduíche, dependendo do sabor). Para a sobremesa, uma salada de frutas.

Jantar:

Um pão pita integral, que vamos encher com cenoura e aipo (125 gramas).

Terça feira:

Cafe da manhã:

Uma xícara de leite desnatado com duas colheres de sopa de grãos integrais. Uma pequena ou média banana grande.

Almoço:

Uma batata cozida com meia xícara de feijão e duas colheres de sopa de queijo Cheddar que previamente ralamos. Acompanhado com uma salada temperada com azeite e sal.

Jantar:

Salada grega preparado como se segue: picadas de alface, tomates cereja e pepino (com a pele), 50 gramas de queijo pequeno corte 5 azeitonas cortadas e uma dose de tzatziki.

Quarta-feira:

Cafe da manhã:

Um copo ou xícara de leite desnatado, três damascos secos e três colheres de sopa de muesli (uma mistura de cereais muito simples de preparar) com morango.

Almoço:

Pimentão vermelho recheado com arroz integral, tomate cereja uma colher de nozes, cebola e queijo feta. A preparação é muito simples: vamos cortar pimentões ou em duas metades e retire as sementes e preenchê-lo com 4 colheres de sopa de arroz cozido, muito pequenas cebolas cortadas, nozes, queijo e tomate. Cubra com papel alumínio e cozinhe no forno. Vamos acompanhar com uma salada de azeite.

Jantar:

Sopa de lentilha, dois biscoitos de aveia cobertos com queijo com baixo teor de gordura e um tomate fatiado. Uma laranja.

Quinta-feira:

Cafe da manhã:

Um sanduíche que vamos preparar com duas fatias de pão integral, uma fatia de queijo com baixo teor de gordura e um tomate fatiado.

Almoço:

Salada de grão de bico vamos preparar da seguinte forma: três colheres de sopa de ervilhas cozidas, cebola finamente picada alface, pimenta ou tomate cereja e sino verde. É temperado com azeite. Deve ser acompanhado por uma fatia de pão integral.

Jantar:

Uma salada muito frutada que vamos preparar com dois damascos secos (damascos) cortados em cubos, alface, abacaxi (uma fatia), uma maçã, 5 nozes esmagadas e uma colherada de passas.

Sexta-feira:

Cafe da manhã:

Uma salada de frutas com duas colheres de sopa é aveia e uma xícara de iogurte desnatado.

Almoço:

Salada com uma omelete de queijo. Vamos prepará-lo com azeite, dois ovos e três colheres de sopa de queijo Cheddar. À vontade, você pode adicionar um pouco de leite desnatado na preparação.

Jantar:

Duas fatias de torradas pão integral coberto com manteiga. Acompanhado com um copo de suco de laranja, espremido na hora.

Sábado:

Cafe da manhã:

Um copo de leite desnatado, 4 colheres de sopa de grãos integrais, uma colherada de passas e uma banana pequena ou média.

Almoço:

Um sanduíche preparado com duas fatias de pão integral, um tomate fatiado, um ovo cozido cortado em fatias e duas colheres de sopa de maionese com baixo teor de gordura. É acompanhado com um copo ou uma xícara de iogurte desnatado.

Jantar:

Legumes no vapor com uma porção (8 colheres de sopa) de arroz integral cozido. Legumes também podem ser preparados em wok se não tivermos um vaporizador. Para a sobremesa uma fatia de melão.

Domingo:

Cafe da manhã:

Um smoothie que vamos preparar com 150 cc de leite desnatado, iogurte desnatado e uma pequena banana cortada. É acompanhado com um prato de frutas que vamos preparar com três frutas diferentes.

Almoço:

Salada italiana preparada como segue: metade bola (pequeno) corte mozzarella dois tomates picados, abacate um meio pequeno ou grande, alface e manjericão. É temperado com vinagre balsâmico. É acompanhado com uma fatia de pão integral.

Jantar: 

Dois ovos escalfados com uma porção generosa são espinafre e quatro colheres de sopa de queijo cheddar ralado. É acompanhado por uma fatia de pão integral.

Aviso: esta dieta não é adequada para celíacos, pois contém trigo e aveia. Claro que pode ser adaptado usando produtos permitidos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.