DIETA E NUTRIÇÃO

O Que é Oxandrolona e Esteroide Anabolizante e Como Funciona

O Que é Oxandrolona e Esteroide Anabolizante e Como Funciona
Gostou do post? Avalie!

O Que é Oxandrolona e Esteroide Anabolizante e Como Funciona. Além disso, Os esteroides anabolizantes são substâncias polêmicas, ao mesmo tempo consideradas milagrosas e perigosas. De fato, essas substâncias podem fornecer resultados extraordinários no desenvolvimento do corpo, motivo pelo qual são utilizadas no tratamento de vários distúrbios desse domínio. Entretanto, os efeitos colaterais são tão numerosos e tão severos que o uso dos esteroides anabolizantes por pessoas que não precisam deles certamente não é recomendável.

A oxandrolona, também conhecida por seu nome comercial de Anavar, é um dos esteroides anabolizantes mais conhecido entre diferentes esportistas e atletas profissional. Em especial, foi e é uma das drogas mais utilizadas pelo público feminino por seu baixo potencial de efeitos colaterais e resultados plausíveis ao que se espera.

Pessoas fisicamente ativas e atletas sempre estão buscando apoios para um melhor desempenho nas atividades e melhor composição corporal. Dentre os produtos utilizados, podemos destacar a Oxandrolona, que beneficiar pessoas que buscam ganhar e perder peso.

esteroidesO que é Oxandrolona: O medicamento também pode ser conhecido como Anavar. A Oxandrolona é utilizada para ajudar pessoas a recuperar peso perdido devido a complicações de saúde, as quais podemos destacar como infecções, trauma, cirurgias e afins.

Afirma-se que a Oxandrolona é um esteroide anabolizante. É dito que ela se assemelha aos hormônios masculinos produzidos pelo corpo. No início, o Anavar ou Oxandrolona era recomendado para tratamentos voltados para anemias e infertilidade. Atualmente, a melhor forma de conseguir o medicamento com dosagens que ofereçam benefícios é a partir da manipulação.

Para que serve Oxandrolona: O medicamento serve para melhorar o desempenho atlético e aparência física, o que leva diversas pessoas a pensar que Oxandrolona emagrece, apesar de ainda necessitarmos de estudos mais aprofundados para confirmar essa eficiência.

Afirmar que Oxandrolona emagrece pode ser algo incorreto, pois esse benefício só pode ser adquirido através da adoção de uma dieta com restrição calórica voltada para a redução de percentual de gordura. O medicamento favorece apenas o crescimento de massa magra, o que contribui, porém, de forma indireta para o emagrecimento, já que os músculos influenciam no funcionamento do metabolismo basal.

A Oxandrolona pode oferecer efeito de reforço muscular, ou seja, contribui para que você tenha um melhor desempenho durante as atividades físicas, com mais força. Oferece baixo efeito anabólico, não provoca retenção de líquidos e quando comparada a outros esteroides, oferece menos efeitos colaterais. No entanto, traz riscos sérios e que podem até ser fatais.

Como tomar Oxandrolona: Você pode tomar o medicamento por via oral. Normalmente o consumo é feito duas ou quatro vezes por dia, mas pode ser dosado de forma particular a ser indicado por um médico. Recomenda-se o consumo junto com alimentos ou leite, para que não ocorra dores no estômago. Você pode tomar a Oxandrolona por via oral ou injetável. As dosagens são recomendadas de acordo com as particularidades individuais e reações do organismo.

Consumidores de Oxandrolona tomam o medicamento com regularidade, para que obtenham o máximo de benefício, mas a ingestão do mesmo é recomendada apenas para curtos períodos, e é exatamente por isso que diversas pessoas optam por ciclos.

Ciclo da Oxandrolona: A Oxandrolona pode ser caracterizada como uma droga que necessita de altas dosagens para poder oferecer resultados notáveis. As dosagens variam de pessoa para pessoa, pois são recomendadas de acordo com as necessidades e objetivos particulares. Seu consumo é feito por meio de ciclos, onde se pode obter benefícios mais notáveis, quando referentes ao crescimento de massa muscular.

  • Mulheres são as mais adeptas do medicamento. Elas podem obter um pequeno crescimento de massa muscular e aumento na resistência física durante seus treinos. As dosagens pequenas oferecem riscos menores.

O ciclo de Oxandrolona pode ser combinado com testosterona, trenbolona, stanozolol e boldenona, mas ambos não podem ser feitos por via oral. Os ciclos são fundamentais para a garantia de reconhecimento dos resultados oferecidos pelo esteroide. As mulheres apenas podem consumir junto com stanozolol em forma injetável e nandrolona para atletas avançados.

Os ciclos de Oxandrolona podem ser atribuídos da seguinte forma:

  • Homens podem tomar de 30 a 100 mg por dia, já mulheres podem adequar o consumo de 10 a 30 mg por dia;
  • A versão em comprimidos pode ser consumida de 8 a 12 comprimidos diários para homens e de 4 a 6 comprimidos para mulheres.

Efeitos colaterais da Oxandrolona: O consumo de Oxandrolona pode ocasionar diversas consequências, como o aumento de probabilidade de doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, ruptura de tendões e ligamentos, doença hepática, desenvolvimento ósseo inadequado em adolescentes e outros efeitos secundários.

O consumo do medicamento ainda pode ocasionar náuseas, vômitos, dores de cabeça, diminuição de libido e até queda de cabelo. Caso você identifique alguns desses sintomas, interrompa o uso imediatamente. Se a Oxandrolona for indicada por um médico, é indispensável que você comunique essas reações, pois há pessoas que utilizam esse medicamento, mas não têm efeitos colaterais.

Em homens, os efeitos colaterais mais comuns são o inchaço no peito e ereções frequentes e prolongadas. Já em mulheres, pode-se identificar o crescimento de cabelos no rosto e no corpo, irregularidades nos períodos menstruais, rouquidão e engrossamento da voz. Casos de reações alérgicas são raros, no entanto, não são descartadas

É necessário fazer TPC (terapia pós-ciclo): O objetivo de uma terapia pós-ciclo é fazer o corpo voltar a produzir testosterona naturalmente, o mais rápido possível. Algumas pessoas vão ter sintomas de testosterona baixa e outras não.

Se você notar que sua testosterona está baixa ou fizer exames e ela estiver abaixo da referência, então fazer uma TPC será necessário. Geralmente, usa-se apenas 20mg tamoxifeno na TPC durante 4 semanas, e só.

Não é necessário fazer TPC se não houver queda na produção natural, já que tamoxifeno por si só tem seus efeitos colaterais. Mesmo que você queira adotar o lado “seguro” e fazer TPC sem precisar, porque trazer mais malefícios para o corpo a toa ?

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.