PEIXES

Peixe → 11 Benefícios de Comer Peixe e Bom Para Saúde

Rate this post

Peixe → 11 benefícios de comer peixe e Bom para saúde. Além disso, O peixe é um dos melhores alimentos que podem ser consumidos. É uma rica fonte de nutrientes essenciais, como a vitamina D, proteínas e ômegas, importantes ácidos graxos que geralmente favorecem a saúde do corpo.

Está provado que o consumo de peixe, sem dúvida, é uma decisão inteligente, que enriquecerá a nutrição da sua alimentação diária. Portanto, conheça os benefícios de escolhê-lo regularmente.

Benefícios de comer peixe:

1. É rico em nutrientes:

Em geral, o peixe é um alimento único. Qualquer tipo é uma boa opção para consumir, pois é rico em nutrientes. Ele enfatiza seu rico conteúdo de proteínas de alta qualidade. Fornece os aminoácidos essenciais necessários para a formação e manutenção dos tecidos, para o bom funcionamento dos órgãos. Além disso, fortalece o sistema imunológico diante de doenças e infecções.

Além disso, é uma rica fonte de ácidos graxos, também conhecidos como “Cardiosaludáveis”; Os ômegas 3 e ômegas 6. Estes são essenciais para o bom funcionamento do corpo e também participam de múltiplas funções. (1) (2)

Eles fornecem uma grande quantidade de vitaminas e minerais, como zinco, fósforo, cobre, iodo, cálcio, potássio, etc. Vitaminas A, D e E e do complexo B.

O peixe é de fácil digestão, e dentro do peixe gordo estão: salmão, atum, sardinha, truta, cavala, entre os mais recomendados para consumo.

2. Peixe previne problemas cardiovasculares:

Sem dúvida, o consumo habitual de peixe, proporciona uma grande variedade de nutrientes. Graças a isso, é considerado um dos melhores alimentos que podem ser consumidos para evitar esse tipo de problema, que atualmente ocupa os primeiros lugares de morte prematura no mundo.

Atualmente, há muitas evidências que apoiam os benefícios do peixe, mostrando que o consumo habitual de peixe na dieta parece ter um menor risco de sofrer ataques cardíacos, derrames e morte por doença cardíaca. (3) (4)

Os estudos asseguram que a ingestão de uma ou mais porções de peixe durante a semana reduz o risco de sofrer este tipo de doenças mortais. Além disso, essas investigações garantem que os peixes gordurosos sejam ainda mais benéficos. (5) (6)

3. Oferece nutrientes para um crescimento saudável:

Como mencionado, o peixe é muito rico em nutrientes. Seu conteúdo de ácido docosahexaônico é especialmente importante, uma vez que se acumula no cérebro e no olho em desenvolvimento.

E, portanto, as mulheres grávidas são aconselhadas a tomar ômega 3. No entanto, há um alerta sobre a recomendação do consumo de peixe em gestantes, devido ao seu alto teor de mercúrio. (7) (8)

Embora o seu consumo não seja totalmente proibido nesta fase, sugere-se que apenas 340 gramas no máximo por semana sejam consumidos. O mesmo você se beneficiará de suas propriedades.

4. Para uma boa saúde cerebral:

Assim é! Você deve comer peixe para ter um cérebro saudável, porque, por suas propriedades, pode aumentar a massa cinzenta no cérebro e protegê-lo da deterioração relacionada à idade.

Devido ao comprometimento cognitivo, a função cerebral pode diminuir, por isso é essencial consumir alimentos que forneçam os elementos necessários para manter a função cerebral ideal. Estudos mostraram que as pessoas que consomem mais peixe têm mais massa cinzenta. (9) (10)

5. Pode ajudar a prevenir a depressão:

Como já se sabe, a depressão é um transtorno mental grave e comum. Se não for tratada a tempo, pode ter consequências fatais.

Assim, e de acordo com as evidências, descobriu-se que as pessoas que consomem mais peixe são menos propensas a sofrer de depressão. Isso é dado pelo seu conteúdo de ácidos graxos que aumentam a importância dos antidepressivos. (11) ( 12)

6. Boa fonte de vitamina D:

Peixe e seus derivados são ricos em vitamina D , que funciona como um esteróide no corpo. Muitas vezes, por causa do estilo de vida que é carregado, os níveis podem ser baixos, o que pode ter consequências no corpo.

Entre os tipos de peixes que contêm mais doses dessa vitamina estão o arenque e o salmão. Você pode facilmente adicionar a sua dieta, pois são bastante comuns.

O óleo de fígado de bacalhau também é muito rico em vitamina D. Então você tem algumas opções para ter bons níveis de vitamina. (13)

7. Risco mínimo de sofrer de doenças autoimunes:

As doenças auto-imunes estão se tornando cada vez mais comuns. Portanto, é importante adicionar alimentos ricos em nutrientes e propriedades à dieta. Estudos têm mostrado que o ômega 3 ou óleo de peixe está ligado na redução do risco de sofrer de diabetes tipo I.

Além disso, acredita-se que o consumo habitual de peixe, também pode reduzir o risco de sofrer de artrite reumatóide e esclerose múltipla, mas a investigação ainda continua sobre isso. (14) (15)

8. Pode ajudar a prevenir a asma em crianças:

Outro grande benefício de consumir peixe é a probabilidade de ser capaz de prevenir a asma em crianças. Esta é uma doença muito comum, caracterizada por inflamação crônica no trato respiratório, afetando gravemente a qualidade de vida de quem sofre com isso.

As taxas de asma aumentaram nos últimos anos. No entanto, estudos recentes mostram que o consumo de peixe está associado a um risco menor de até 24% de asma em crianças. Mas não é assim com um efeito significativo sobre os adultos. Portanto, acrescentar peixe à dieta das crianças é uma decisão inteligente. (16)

9. Protege a visão na velhice:

A degeneração macular é uma doença que é a principal causa de deficiência visual e cegueira. Isso afeta especialmente os idosos.

Pesquisas mostram que os ácidos graxos do peixe e os ácidos graxos ômega 3 podem fornecer proteção contra essa doença. (17) Além disso, o consumo regular de peixe está relacionado a um risco 42% menor de degeneração macular em mulheres. (18) Portanto, é claro que o consumo de peixe é recomendado em qualquer fase ou idade.

10. Pode ajudar a melhorar a qualidade do sono:

Os problemas do distúrbio do sono tornaram-se cada vez mais comuns. Por causa disso, fazer algo sobre isso é indispensável. É melhor procurar alternativas naturais que possam ajudar a conciliar um sono melhor, melhorando assim a qualidade de vida.

Diferentes fatores podem interferir nisso, como é o caso do estilo de vida, mas também pode estar associado a baixos níveis de vitamina D. (19) (20)

Em um estudo, foi comprovado que o consumo habitual de peixe. A adição de salmão, três vezes por semana, levou a melhorias na qualidade do sono e, em geral, no bom funcionamento. Para isso, eles atribuem os benefícios da contribuição da vitamina D do salmão .

11. Uma maneira fácil de alimentar:

O peixe é um alimento muito versátil. Então, será muito fácil adicioná-lo à dieta diária. Há muitas maneiras de prepará-lo de maneira saudável. Com os benefícios acima, este alimento não deve ser deixado de dieta balanceada.

Lembre-se, é uma rica fonte de nutrientes, e caracteriza-se por fornecer iodo, um nutriente essencial para o bom funcionamento dos hormônios da tireóide e esta glândula sintetiza. Por isso, quando consumir peixe na sua dieta habitual, pode dar-lhe as contribuições necessárias deste mineral.

Além disso, é provavelmente um dos alimentos mais fáceis de preparar, pois existem muitas receitas com as quais você pode comer um prato em pouco tempo.

Para terminar:

É muito claro que consumir peixe é uma alternativa muito saudável para complementar sua dieta e torná-la equilibrada. Como você pôde perceber, é uma rica fonte de nutrientes.

Esses grandes benefícios não devem ser perdidos, não importa em que estágio da vida você esteja. As propriedades do peixe, sem dúvida, ajudarão a prevenir alterações no funcionamento ou otimizar o bom funcionamento do organismo.

É claro que, embora o peixe seja uma ótima comida, e que complementa sua dieta, você também deve escolher outros alimentos com sabedoria e, juntos, eles aumentarão os benefícios, fazendo com que seu corpo esteja bem.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.